MIS RJ homenageia os radialistas com vídeo no aniversário de Ary Barroso

  • 07/11/2021

MIS RJ homenageia os radialistas com vídeo no aniversário de Ary Barroso

Hoje (07/11), comemora-se o Dia do Radialista, a data emblemática homenageia o nascimento de Ary Barroso, radialista, compositor e cantor, um mestre da comunicação de todos os tempos. O Museu da Imagem e do Som reverencia com um vídeo especial os radialistas que diariamente, sete dias da semana, trezentos e sessenta e cinco dias do ano, levam informação, música, serviço, esporte e diversão para milhões de lares brasileiros, conectando sentimentos sempre com muita emoção!

Para o presidente do MIS, Cesar Miranda Ribeiro, que atuou como radialista durante mais de trinta e cinco anos, e que idealizou a Web Rádio MIS RJ, para disponibilizar para a sociedade o rico acervo da instituição, “essa é uma data que devemos comemorar com orgulho porque o radialista representa uma equipe de trabalho muito grande, desde os locutores, sonoplastas, técnicos, produtores, redatores, comentaristas, programadores, é um time forte que entrega um trabalho importante e que deve ser prestigiado, levando comunicação e cultura para o público 24 horas por dia”, finalizou.

Ary de Resende Barroso, mineiro de Ubá, nasceu no dia 7 de novembro de 1903 e foi um dos grandes expoentes da música brasileira e da época de ouro do rádio. Trabalhou como locutor esportivo, além de produzir e participar de diversos programas da Rádio Tupi do Rio de Janeiro. Como músico compôs centenas de canções nos mais variados estilos, choro, samba, marcha, xote, foxtrote, sendo o maior destaque o samba-exaltação “Aquarela do Brasil”, gravado pela primeira vez em 1939 por Francisco Alves, com arranjos e acompanhamento do maestro Radamés Gnattali. Além desse grande sucesso, que o levou para os Estúdios Walt Disney, tornando-o conhecido mundialmente, Ary Barroso também é o compositor de clássicos inesquecíveis, como “No Tabuleiro da Baiana”, “Na Baixa do Sapateiro”, “No Rancho Fundo”, “Os Quindins de Iaiá”, “Boneca de Piche” e “Rio de Janeiro”, música do filme “Brasil”, de 1944, que lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Canção Original!

Publicado em 07/11/21 por Márcia Benazzi


#Compartilhe

Aplicativos


Programa no Ar

Pérolas do MIS

top1
1. Poema Vou-me embora pra Pasárgada

Manuel Bandeira

top2
2. Cantando Carinhoso em sarau na casa de Jacob do Bandolim

Elizeth Cardoso

top3
3. Cantando O orvalho vem caindo

Almirante

top4
4. Samba Homenageando os 19 anos do MIS

Estação Primeira de Mangueira

top5
5. Eu vi uma barata; Atirei o pau no gato; O Coelhinho; Cachorrinho está latindo

Trio Melodia e Trio Madrigal

Oferecimento