AS HISTÓRIAS DE MESTRE ROQUE NO PRIMEIRO DEPOIMENTO PARA A SÉRIE ESPECIAL ‘MEMÓRIA DA CAPOEIRA’.

  • 04/04/2023

AS HISTÓRIAS DE MESTRE ROQUE NO PRIMEIRO DEPOIMENTO PARA A SÉRIE ESPECIAL ‘MEMÓRIA DA CAPOEIRA’.

A gravação da Série Especial “Memória da Capoeira”, foi um encontro de grandes amigos e admiradores mútuos, fechando o mês de março (30/3), na sede do MIS Praça XV.

“ Registrar a história de quatro gerações de Mestres e Mestras capoeiristas do Rio de Janeiro, resultará em uma salvaguarda inédita para um museu, o que muito nos honra e orgulha. O MIS RJ se mantém fiel aos depoimentos criados por Ricardo Cravo Albin, em 1966, que atravessam as décadas, e são fontes de pesquisas da mais alta qualidade, assim como as séries especiais que dão voz e viram acervo para as futuras gerações”, afirmou o presidente do Museu da Imagem e do Som, Cesar Miranda Ribeiro.

O primeiro depoente, Mestre Roque Mendes dos Santos, contou a sua história com a aprendizagem da capoeira “ angoleira”, que veio do seu pai, Chico Preto, peixeiro de Salvador. Ladeado pelos amigos, Mestre Derly, Mestra Celi e Mestre Paulão Kikongo, foi narrando os episódios marcantes como um filme repleto de emoção e lembranças dos mestres da antiga como, Gajé, Índio, Tatu Bola e Bom Cabrito. Falou da importância da representatividade das mulheres capoeiristas, como a “Maria 12 homens”, da Bahia, e Sandrinha, uma das primeiras mulheres formadas na capoeira por ele. Citou também as apresentações no filme “O Pagador de Promessas”, 1962, de Anselmo Duarte, baseado na peça teatral homônima de Dias Gomes; as competições do Grupo Filhos de Angola, em 1967; a Roda da Central, que acontecia na Central do Brasil nos dias de carnaval, durante a Ditadura Militar.

Mestre Roque falou da importância das aulas na Comunidade Pavão-Pavãozinho, e como a sua atuação contribuiu para desmistificar a capoeira como “coisa de malandro”. Enfatizou que a capoeira não veio de Angola, veio sim da Bahia e de Jacarepaguá.

Estiveram presentes no evento, Luciene Figueiredo, superintendente de museus do Estado do Rio de Janeiro, Leon Araújo, diretor do Departamento de Patrimônio Imaterial do Instituto do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro, e Bruno Barcellos, ambos historiadores do INEPAC. A Série Especial “Memória da Capoeira”, tem construção coletiva da Superintendência de Museus da SECEC RJ, INEPAC, MIS RJ, e dos Fóruns de Capoeira do Estado do Rio de Janeiro e Niterói.

A coordenação do depoimento, pesquisa e pauta foi realizada por Aline Soares, do Setor Educativo do MIS, gravação do cinegrafista Levy Bianchi, tecnologia da informação, André Luis Pereira, e técnico de áudio, Fábio Aquino, gentilmente cedido pela SECEC RJ.

Publicado em 4/4/23 por Márcia Benazzi


#Compartilhe

Aplicativos


Programa no Ar

Pérolas do MIS

top1
1. Sorriso Negro

Dona Ivone Lara

top2
2. Sonho Meu; Liberdade; Acreditar; Tiê; Andei para Curimá

Dona Ivone Lara

top3
3. Alguém Me Avisou

Dona Ivone Lara

top4
4. Cantei Só Para Distrair

Dona Ivone Lara

top5
5. Tendência

Dona Ivone Lara

Oferecimento