MESTRE GATO REGISTRA SUA HISTÓRIA NA SÉRIE ESPECIAL “MEMÓRIA DA CAPOEIRA” DO MIS RJ

  • 26/03/2024

MESTRE GATO REGISTRA SUA HISTÓRIA NA SÉRIE ESPECIAL “MEMÓRIA DA CAPOEIRA” DO MIS RJ

Quarta-feira (27/03), o Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro (MIS RJ), que integra a rede de equipamentos culturais do Governo do Estado, continua registrando, na Série Especial “Memória da Capoeira”, a trajetória de quatro gerações de Mestres e Mestras capoeiristas do Rio e suas atuações na cultura. O evento será na sede Praça XV, às 10h.

“Esses registros são de fundamental importância para a Cultura Carioca e Fluminense, porque preservam a rica história desses Mestres e Mestras. Salvaguardar a memória dos capoeiristas da nossa cidade e estado, seus ensinamentos, práticas, legados, em acervo do museu é um compromisso de valorização da Capoeira para o Brasil e o mundo”, afirmou Cesar Miranda Ribeiro, presidente do MIS.

Fernando Albuquerque, conhecido como Mestre Gato, nasceu em 14 de junho de 1947, em Recife. Iniciou a trajetória na capoeira no Rio de Janeiro na década de 1960 e foi um dos fundadores do Grupo Senzala. Ao longo dos anos, sua atuação se estendeu para além das rodas de capoeira, incluindo atividades de ensino na PUC Rio e UFRJ enquanto cursava Engenharia Civil. A partir dos anos 1990, sua atuação internacional ganhou destaque com a criação do Group Senzala of Great Britain e sua participação em eventos ao redor do mundo, promovendo intercâmbios culturais e difundindo a capoeira. Seu legado perdura até os dias atuais, com participações em eventos e organizações dentro e fora do Brasil, e seu compromisso com a preservação e promoção da capoeira como uma expressão cultural e forma de vida.

Como convidados entrevistadores estarão Mestre Paulão Kikongo, jornalista, doutorando em Memória Social pelo PPGMS UNIRIO e pesquisador do Observatório do Patrimônio Cultural do Sudeste (FAPERJ/UNIRIO); Mestra Celi, professora da Rede Pública de Ensino, pedagoga e especialista em Educação pela FFP/UERJ (ambos integram o Fórum de Capoeiristas do Rio de Janeiro); Mestre Pedro, produtor cultural, professor e coordenador de capoeira em diversos países, filho de Mestre Gato, e Maria Beatriz Albuquerque, professora artesanal e esposa de Mestre Gato.

Em 2014, a Roda de Capoeira foi reconhecida pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Um marco importante de reconhecimento mundial de um dos símbolos do Brasil que expressa a história da resistência negra no país, durante e após a escravidão.

Sobre a Série Especial “Memória da Capoeira”

A Série Especial “Memória da Capoeira” vem registrando, desde 2023, os depoimentos de personalidades capoeiristas que atuam no Rio de Janeiro desde 1940, consistindo em uma salvaguarda inédita para um museu.

Em 1966, o Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro inaugurou o projeto Depoimentos para a Posteridade, uma iniciativa inédita de história oral criada para preservar a memória de diversos setores da cultura nacional. O projeto inicial é o gerador de muitas outras séries, programas ou projetos específicos relacionados às áreas de esportes, jornalismo, futebol, carnaval, arquitetura, dança, MPB, cinema, teatro, rádio e artes plásticas. São exemplos: A Voz do Povo Santo; Cem Anos de Abolição; Bandas Centenárias; Clube de Regatas Flamengo; Memórias das Vozes da Resistência, do Povo da Dança no Samba, da Telenovela Brasileira, da Cinédia e do Jornalismo Brasileiro.

O MIS RJ é um equipamento vinculado à Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Secec - RJ).

Publicado em 26/3/2024 por Luiza Moura


#Compartilhe

Aplicativos


Programa no Ar

Pérolas do MIS

top1
1. Sorriso Negro

Dona Ivone Lara

top2
2. Sonho Meu; Liberdade; Acreditar; Tiê; Andei para Curimá

Dona Ivone Lara

top3
3. Alguém Me Avisou

Dona Ivone Lara

top4
4. Cantei Só Para Distrair

Dona Ivone Lara

top5
5. Tendência

Dona Ivone Lara

Oferecimento