MIS RJ promove ‘Seminário sobre o choro’ nas celebrações da 22ª Semana Nacional de Museus

  • 13/05/2024

MIS RJ promove ‘Seminário sobre o choro’ nas celebrações da 22ª Semana Nacional de Museus

O Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro, que integra a rede de equipamentos culturais do Governo do Estado, promove nesta quinta-feira (16/05) o “Seminário sobre o Choro”, a partir das 15h, na sede da Praça XV, no Centro. A programação faz parte das comemorações pela 22ª Semana Nacional de Museus – “Museus, Educação e Pesquisa”, do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). As comemorações marcam o Dia Internacional dos Museus, celebrado no sábado, 18 de maio.

15h - Abertura
15h30 - Palestras com Luciana Rabello, Jayme Vignoli e Pedro Aragão
17h - Intervalo
17h15 - Retorno palestras
18h - Encerramento

O tema do encontro, que é gratuito e aberto ao público, é o reconhecimento do choro (gênero musical) como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em fevereiro deste ano. A mediação dos debates será feita pela Doutora em História Social Cláudia Mesquita, autora do livro “Museu da Imagem e do Som - Um Museu para a Guanabara: um estudo sobre a criação do Museu da Imagem e do Som e a identidade carioca (1960/1965)”.

Cláudia fez parte do quadro de funcionários do MIS RJ entre 1989 e 2011. O convite foi a forma encontrada pelo presidente do Museu da Imagem e do Som, Cesar Miranda Ribeiro, de demonstrar o reconhecimento da instituição pela ex-servidora, que mesmo não estando mais diretamente ligada ao MIS, se faz presente de diversas formas.

“A Cláudia foi e sempre será fundamental para o museu. Sua participação nesse evento tão significativo é um meio de continuarmos usufruindo de seus conhecimentos e sua capacidade como historiadora. Estamos muito felizes por ela ter aceitado. A expectativa é grande e, agora, temos ainda mais a certeza de que o seminário será extremamente enriquecedor, tendo o choro abordado como tema central”, pontuou o presidente.

O compositor e multi-instrumentista Joel Nascimento, citado por especialistas da área como “o maior intérprete vivo do choro”, será homenageado no evento do MIS. O músico teve contato e foi influenciado por Jacob do Bandolim, um dos maiores nomes do gênero musical em questão, sendo este apenas um de seus diferenciais. Joel Nascimento ainda conviveu com várias gerações de músicos e maestros, como Geraldo Vespar, Lindolpho Gaya e Radamés Gnattali.

Joel Nascimento participou de turnês internacionais, integrou o grupo Camerata Carioca como solista principal, recebeu prêmios e fez grandes parcerias. Seu talento é revelado ao piano, violão, cavaquinho, bandola, viola de dez cordas e acordeom. Após a abertura do seminário, um vídeo especial irá mostrar um pouco da trajetória desse grande nome da música brasileira na homenagem preparada pelo Museu da Imagem e do Som.

Os palestrantes são o presidente e a vice-presidente do Instituto Casa do Choro, Jayme Vignoli e Luciana Rabello, e o bandolinista e diretor de pesquisas do Instituto Jacob do Bandolim, Pedro Aragão. Cada convidado irá apresentar sua experiência institucional e pessoal no processo de pesquisa para o reconhecimento do choro como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.

O objetivo é debater os benefícios que o novo título deverá trazer para a Educação e a Pesquisa brasileiras, temas da Semana Nacional de Museus. O Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro, vinculado à Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Secec-RJ), participou diretamente do reconhecimento do choro dando apoio institucional por meio da cessão de imagens utilizadas gratuitamente no dossiê e no video documentário apreciados pelo Iphan. O documento e a produção audiovisual deram embasamento para o processo que atestou o gênero musical como expressão cultural nacional.

As celebrações do MIS RJ na Semana Nacional de Museus também incluem um “abraço simbólico” à sede da Praça XV, construída para ser o Pavilhão da Administração e do Distrito Federal, na Exposição Internacional que comemorou o Centenário da Independência, em 1922. O prédio histórico precisa de intervenções e a ação visa chamar atenção para importância da preservação de suas características originais.

A programação do “Seminário sobre o Choro” terá início às 15h, com encerramento previsto para 18h, no Auditório Glauber Rocha, na sede do MIS na Praça XV. O espaço tem capacidade para 50 pessoas e está sujeito à lotação. Os interessados devem preencher o formulário e fazer a inscrição (link abaixo). Os participantes receberão o Certificado de Participação, que poderá ser apresentado nas universidades para o preenchimento de horas complementares de estudo.

Publicado em 13/5/2024 por Fernanda Soares

Clique na imagem abaixo para realizar a inscrição.

Clique aqui


#Compartilhe

Aplicativos


Programa no Ar

Pérolas do MIS

top1
1. Sofre Porque Queres

Benedicto Lacerda e Pixinguinha

top2
2. Noites Cariocas

Jacob do Bandolim

top3
3. A Flor Amorosa

Altamiro Carrilho (Antonio Callado Jr.)

top4
4. Camundongo

Waldir Azevedo e Ademilde Fonseca

top5
5. Odeon

Nara Leao (Ernesto Nazareth e Vinicius de Moraes)

Oferecimento