Exposição “Heranças: 150 anos da imigração italiana no Brasil” é o tema do encontro do presidente do MIS RJ com o Cônsul Geral Massimiliano Iacchini

  • 07/06/2024

Exposição “Heranças: 150 anos da imigração italiana no Brasil” é o tema do encontro do presidente do MIS RJ com o Cônsul Geral  Massimiliano Iacchini

Hoje (7/6), o presidente do Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro, Cesar Miranda Ribeiro, esteve no Consulado Geral da Itália para uma reunião com o cônsul geral Massimiliano Iacchini,o adido econômico, Pietrino Cadoni, o diretor do Instituto Italiano de Cultura, Marco Marica, e o assessor Riccardo Scafati. O encontro teve um motivo muito especial, convidar o cônsul e equipe para a exposição “Heranças: 150 anos da imigração italiana no Brasil”, que será inaugurada no final de junho, na sede do MIS na Lapa.

Para o presidente que é bisneto de italiano, a exposição tem um sabor especial, pelo laço afetivo com a terra do seu bisavô Pietro Paolo Marmo, natural de Casalbuono, província de Salerno, e também pela oportunidade de compartilhar com o público o acervo do museu relacionado ao movimento histórico dos primeiros italianos que chegaram ao Brasil, em 1874, e que trouxeram na bagagem a sua cultura, música, gastronomia e costumes. “Vamos homenagear a herança ítalo-brasileira de muitas formas, destacando as personalidades que fizeram e ainda fazem parte da arte brasileira e fluminense, como Vicente Celestino, Maurício Quadrio, Sylvio Rebecchi, Nara Leão, Radamés Gnattali, Zizi Possi, Jerry Adriani, Adelaide Chiozzo, Carlos Galhardo e muitos outros”, disse Cesar Miranda Ribeiro.

Após o encontro com o cônsul geral, a equipe do museu conheceu a exposição “Dell’Architettura”- presença italiana na paisagem carioca, fotografias de Aristides Corrêa Dutra. No painel expositivo é revelado que – “A produção arquitetônica italiana na cidade do Rio de Janeiro abarca um período rico, efervescente e dinâmico, testemunha da passagem do clássico ao moderno, com obras que são parte indissociável do cenário urbano da Cidade Maravilhosa. É um legado que merece ser preservado, reconhecido e divulgado”.

A exposição “Heranças: 150 anos da imigração italiana no Brasil”, tem curadoria da museóloga Eliane Vilela e da historiadora Daiane Lopes, que participou da reunião no Consulado Geral da Itália juntamente com a assessora-chefe, Márcia Benazzi. Além dos destaques citados sobre as personalidades culturais que integram o acervo, o MIS RJ também abriu espaço para que os servidores descendentes de italianos contem um pouco da própria trajetória. O material audiovisual fará parte da exposição.

Todo o acervo do MIS, que integra a rede de equipamentos culturais do Governo do Estado e está vinculado à Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Secec-RJ), está à disposição do público e dos pesquisadores. Para acessar o material basta enviar e-mail para saladepesquisa@mis.rj.gov.br e agendar uma visita ao Centro de Pesquisa e Documentação Ricardo Cravo Albin.

Publicado em 7/6/2024 por Márcia Benazzi, neta de Gaetano Benazzi, natural de Crevalvore, província de Bolonha. 


#Compartilhe

Aplicativos


Programa no Ar

Pérolas do MIS

top1
1. Amor, meu grande amor

Angela Ro Ro

top2
2. A coisa mais linda que existe

Gal Costa

top3
3. Estacio, eu e voce

Luz Melodia

top4
4. Eu amo você

Tim Maia

top5
5. Por causa de você, menina

Jorge Ben Jor

Oferecimento